Segunda, 23 de Maio de 2022
16°

Poucas nuvens

Canarana - MT

Agronegócios Plantio do Arroz

Funai apoia plantio mecanizado de arroz por indígenas da etnia Xavante em parceria com a Prefeitura Municipal de Canarana

. A Funai forneceu o calcário para a correção do solo

21/01/2022 às 17h43 Atualizada em 21/01/2022 às 18h47
Por: Portal Noticiário Fonte: Assessoria de Comunicação / Funai
Compartilhe:
Foto: Divulgação/Funai
Foto: Divulgação/Funai

A unidade descentralizada da Fundação Nacional do Índio (Funai) com sede no município de Ribeirão Cascalheira (MT) apoiou o plantio mecanizado de 45 hectares de arroz na Terra Indígena Pimentel Barbosa, estado do Mato Grosso, em parceria com a Prefeitura de Canarana (MT). Prevista para o mês de abril, a colheita poderá alcançar uma safra de 1.575 sacas de arroz, o que equivale a 86,6 toneladas do grão, beneficiando cerca de 1,7 mil indígenas da etnia Xavante.

Toda a produção será destinada para suprir as necessidades das comunidades indígenas, relata o coordenador regional da Funai, Jussielson Gonçalves Silva. “O cultivo dessa lavoura de arroz só foi possível com o empenho das lideranças indígenas que contaram com o apoio da Funai e da Prefeitura de Canarana, que emprestou a semeadeira/adubadeira para o plantio. A Funai forneceu o calcário para a correção do solo”, afirma Gonçalves. “Fazendeiros vizinhos à Terra Indígena também emprestaram maquinário para os produtores indígenas”, pontua o coordenador regional da fundação.

Gonçalves esclarece que a ideia do apoio ao cultivo do arroz partiu do poder executivo municipal. "No ano passado, a Prefeitura de Canarana havia solicitado um projeto em parceria com a Funai pedindo uma carta de anuência à fundação. Como coordenador regional, levei a proposta até o presidente da Funai, o dr. Marcelo Xavier, para que a gente pudesse inovar e fazer essa parceria com os municípios”, destaca.

“Pelo projeto, todo o investimento é feito pela Prefeitura de Canarana, desde o plantio, a parte de manutenção do solo até o maquinário. Já a Funai atua na fiscalização e no acompanhamento do plantio e da colheita, prestando todo tipo de apoio caso os indígenas precisem”, explica. De acordo com Gonçalves, a unidade da Funai acompanha o projeto por meio dos servidores da Coordenação Técnica Local Água Boa I, do Serviço de Gestão Ambiental e Territorial (Segat) e do próprio coordenador regional, que visita regularmente a Terra Indígena Pimentel Barbosa.

Atuação

Criada em 2009, a Coordenação Regional Ribeirão Cascalheira é responsável por coordenar e monitorar a implementação de ações de proteção e promoção dos direitos da etnia Xavante e demais etnias da região nordeste do estado de Mato Grosso. Sua área de atuação abrange os municípios de Água Boa (MT), Alto Boa Vista (MT), Bom Jesus do Araguaia (MT), Canarana (MT), Nova Nazaré (MT), Ribeirão Cascalheira (MT) e São Félix do Araguaia (MT), onde vivem aproximadamente 6 mil indígenas.

Ele1 - Criar site de notícias