Sexta, 27 de Maio de 2022
27°

Poucas nuvens

Canarana - MT

Araguaia 34 Anos

Ribeirão Cascalheira comemorou 34 anos; veja dados e história do município

O município de Ribeirão Cascalheira foi criado em 3 de maio de 1988

09/05/2022 às 12h27
Por: Portal Noticiário Fonte: Wallacy Riboli - Noticias Interativa
Compartilhe:
Foto: Notícias Interativa
Foto: Notícias Interativa

Criado em 3 de maio de 1988, o município completou recentemente 34 anos de sua emancipação. Segundo o IBGE, a população estimada é de 10.450 pessoas em 2021. Se comparado ao último dado, onde em 2010, eram 8.881 habitantes, o aumento é de 17,7% na população. Com uma área territorial de 11.354,555 km², o município é o 116º maior em território no Brasil. No estado, Ribeirão Cascalheira é o 25º maior município em território, sendo o 4º na região geográfica, segundo o IBGE. Com o bioma: Amazônia e Cerrado, Ribeirão Cascalheira fica no Norte Araguaia e no Nordeste Mato-grossense. O PIB per capita de 2019 é de R$ 34.828,72, sendo o 61º maior do estado e o 5º maior da região. O povo cascalheirense comemorou com alegria a chegada dos 34 anos de Ribeirão Cascalheira, uma das cidades mais queridas do Estado, hoje administrada pela Prefeita Luzia Nunes Brandão e Vice-Prefeita Isabel Fernandes Santos de Castro.

ECONOMIA

Segundo o IBGE, dois setores – agropecuária (R$ 148,08 milhões) e serviços (R$ 97,9 milhões) – responderam por 69,5% do Produto Interno Bruto (PIB) municipal, de R$ 353,5 milhões. Administração pública (R$ 59,5 milhões), impostos (R$ 31,9 milhões) e indústria (R$ 16,6 milhões) fecham a soma. O PIB per capita é de R$ 35.068,07.

Pelos dados de 2018, do IBGE, a agropecuária tem como carros-chefes a produção de soja, com 297 mil toneladas, milho (60 mil toneladas) e algodão (12,49 mil toneladas) e um rebanho bovino com 280 mil cabeças, das quais 2,69 mil vacas ordenhadas com uma produção de 2,45 milhões de litros de leite.

A pecuária cascalheirense responde ainda por um rebanho galináceo com 37,4 mil cabeças, das quais 9,7 mil galinhas, com 74 mil dúzias de ovos; 7 mil suínos, com 1,3 mil matrizes); 3.921 equinos; e 2.197 ovinos; além de 33 toneladas de peixes em cativeiro e 1,3 mil tonelada de mel de abelha.

A produção agrícola abrange ainda banana, coco-da-baía, arroz, cana-de-açúcar, feijão e mandioca. É também o maior extrator estadual (oitavo no ranking nacional) de pequi, com 570 toneladas.

HISTÓRIA

A primeira denominação do atual município de Ribeirão Cascalheira foi Ribeirão Bonito, nome dado por volta de 1968. Nesta época instalaram-se às margens do Córrego Suiazinho os pioneiros Juca e Tintino.

No mesmo ano da instalação dos primeiros moradores foi criado o primeiro estabelecimento comercial por Zacarias Guedes - a Pensão e Comércio Ribeirão Bonito. Por algum tempo o local também foi denominado Alta Cascalheira. Todos os pioneiros, salvo raras exceções, vinham com suas famílias a tiracolo, mulheres, filhas, parentes e via de regra, amigos. Formou-se então o núcleo de povoação pioneiro, a célula-mater que gerou o atual município.

Além da denominação Ribeirão Bonito o lugar conheceu os nomes de Guedolândia e Divinéia. Sendo que Guedolândia pela influência do comerciante Zacarias Guedes e Divinéia por questões meramente estéticas.

Em 9 de outubro de 1984, foi criado o distrito de Ribeirão Bonito.

Após lutas desbravadas e com a emancipação do município surgiu o nome Ribeirão Cascalheira, como aglutinação dos termos Ribeirão e Cascalheira. O nome Ribeirão permaneceu devido aos moradores inicialmente terem se fixado a beira do córrego Suiazinho, e Cascalheira em face da região ter muito cascalho, o qual foi muito utilizado pelos seus moradores.

O município de Ribeirão Cascalheira foi criado em 3 de maio de 1988, através da Lei nº 5.267, com território desmembrado de Canarana e São Félix do Araguaia.

Os dados podem ser consultados no site oficial do IBGE e no site oficial da Prefeitura do município.

Ele1 - Criar site de notícias